postandpin
23 May 2017
HomeCarreiraComo conseguir o emprego de sonho

Como conseguir o emprego de sonho

Independentemente da área de atuação, há algumas práticas transversais que fazem com que determinados candidatos sobressaiam mais do que outros. E são essas práticas, e muito trabalho à mistura, que tornam possível alcançar o emprego de sonho.

No livro “Leave Your Mark: Land Your Dream Job. Kill It in Your Career. Rock Social Media“, da autoria de Aliza Licht, algumas das etapas necessárias (ou pelo menos, recomendadas) encontram-se minuciosamente descritas. Ao longo de 259 páginas, Aliza dá-nos uma série de dicas (ou insider tips, como lhe chama), cobrindo quatro temáticas: “Landing Your Dream Job“, “Killing it in Your Career“, “Rocking Social Media” e “Creating the Brand of You“.

Neste post vou destacar as 15 dicas com as quais mais me identifiquei e que irão certamente ajudar-vos a conseguir aquele emprego com que tanto sonham.

 

Landing Your Dream Job

Eu gostava de trabalhar nesta área, mas não faço a mínima ideia de como o começar“. Muitas pessoas identificam-se com esta situação, particularmente, hoje em dia, pelo facto de muitas profissões serem demasiado recentes e não haver um caminho traçado.

Como é que alguém se torna, por exemplo, social media manager?

Não há uma resposta única (ou certa), e a forma como cada um alcança o seu emprego de sonho é diferente, mas há pontos comuns e dicas que não convém esquecer:

 

1. “To Whom It May Concern never concerns anyone”

É verdade. A quem possa interessar não interessa a ninguém. Se não souberem a quem remeter a vossa candidatura, comecem por fazer uma pesquisa online. Procurem pelo responsável dos Recursos Humanos. O Linkedin é a melhor solução.

2. “One size cover letter does not fit all”

Personalizem cada candidatura. Tornem-na única, adaptada à empresa para a qual querem trabalhar.

 3. “When you’re done with your to-do list, make your own work or ask for more”

Conseguiram o estágio ou a vossa primeira oportunidade de emprego na vossa área de sonho. É altura de provar o vosso valor. Vão-vos dar uma série de tarefas. Quando acabarem, não fiquem à espera que venham falar com vocês. Sejam pro-activos e antecipem as necessidades do vosso chefe.

 4. “Use your internship to start thinking and acting like you’re already a professional”

Se querem ser levados a sério, a partir do momento em que entrem para qualquer empresa, mesmo num estágio, é importante agir de forma profissional. É muito mais fácil imaginarem-vos parte da empresa, se desde o primeiro dia tiverem uma atitude profissional.

5. “It’s really ALL about them”

Este primeiro contacto com o mundo do trabalho é importante para vocês. Certo. Mas é muito mais do que isso. Só se tornarão indispensáveis para a empresa se se focarem no que esperam de vocês. Pensem como podem acrescentar valor. Como podem tornar o trabalho dos outros mais fácil…  e lembrem-se: isto não é sobre vocês. É sobre eles.

6. “What you have done is more important than what you were supposed to do”

Esta primeira experiência correu bem. É altura de a acrescentar ao curriculum. Destacarem o que fizeram é mais importante do que aquilo que era suposto fazer. Ou seja, em vez de descreverem as vossas funções, devem falar dos vossos resultados e conquistas durante este período.

7. “Don’t expect a thank-you or a pat on the back. Do a great job for YOURSELF”

Não esperem que estejam constantemente a agradecer-vos pelo vosso trabalho. É precisamente isso, o vosso trabalho. Façam as coisas bem por VOCÊS e não à espera de um agradecimento… ele pode nunca chegar.

Killing it in Your Career

8. “You don’t get a promotion for doing your job; you get a promotion for going above and beyond your job”

Outra dica importante, pois muitas pessoas esperam um aumento só porque estão à x tempo numa empresa. Uma promoção não surge por fazerem o vosso trabalho, acontece quando fizerem mais do que o vosso trabalho.

 

9. “Don’t just learn your job, learn everyone else’s”

Estão numa empresa, cheia de recursos… Não aprendam simplesmente a fazer o vosso trabalho, aprendam também o trabalho dos outros. Quanto mais souberem, mais difícil será substituírem-vos.
 

10. “Don’t be afraid to question the status quo”

Não tenham medo de questionar o status quo. Proponham métodos diferentes, testem processos novos.

Rocking Social Media

11. “The profile picture and bio in social media are like your resumé. Don’t leave them blank”

Antigamente apenas os famosos tinham de se preocupar com a forma como eram percepcionados. Com a chegada das redes sociais, qualquer pessoa tem uma imagem e uma reputação, mesmo que não queiram. Têm o poder de moldar a forma como vos veem… não a deixem em branco.

 

12. “If you wouldn’t feel comfortable running a full-page ad of your tweet in the New York Times, don’t post it”

No seguimento da dica anterior: pensem duas vezes antes de publicarem alguma coisa nas redes sociais. Imaginem que não existe “delete”. Se não se sentirem confortáveis em ver a vossa publicação numa página inteira do New York Times, não partilhem.
 

13. “Mix three cups of success with a pinch of failure”

Isto significa que a imagem online que cada um de nós tem deve ser perfeita? Não, nada disso. Deve sim ser transparente e autêntica. Partilhar e assumir falhas faz parte da honestidade que as pessoas não só esperam, como exigem.

 

Creating the Brand of You

14. “A lot of people do a lot of things, but the person who does it the loudest gets the expert credit”

Muitas pessoas fazem muitas coisas, mas são aquelas que se dão a conhecer que têm o crédito. Partilha os teus projetos online. Tem uma voz. E começarás a ser reconhecido como um expert na matéria.

 

15. “Repetition IS reputation!”

Aliza dá-nos conta neste livro que repetição é reputação. A autora fala-nos do seu signature look: o batom e unhas vermelhas que a acompanham desde o início da sua carreira.

No fundo, é um exercício para nos fazer questionar: o que me distingue? Qual é a minha marca?

© Aliza Licht
Gostaram destas dicas? Então têm de ler o “Leave Your Mark”.
Poderão ainda saber mais sobre a autora aqui. Ou segui-la no Twitter ou Instagram.

No comments

leave a comment