O derradeiro guia de SEO para iniciantes: tutorial simples, passo por passo

O derradeiro guia de SEO para iniciantes: passo por passo

Um Guia de SEO fácil para criadores de conteúdo e bloggers

Explicação dos termos básicos, ferramentas que utilizo, como fazer a pesquisa de keywords e como optimizar os artigos. Está tudo aqui, simples, detalhado e passo a passo.

 

SEO… 3 letras. Uma palavra tão simples, mas tão assustadora ao mesmo tempo.

Se queres aprender como funciona e como optimizar artigos, mas não sabes por onde começar, não te preocupes! Estás no sítio certo. Neste artigo vou explicar passo a passo, todas as técnicas e ferramentas necessárias – neste que é o derradeiro guia SEO para principiantes.

 

SEO é um tópico complexo, mas neste artigo o meu objectivo é tentar simplificá-lo ao máximo e provar que não é assim tão assustador quanto possa parecer.

Na minha experiência (e depois de conseguir colocar dezenas de artigos na primeira posição do Google), posso-vos garantir que às vezes são as mudanças mais pequenas e simples no conteúdo que fazem toda a diferença e trazem os maiores resultados!

Vamos então aprender a conseguir mais tráfego ao optimizar para SEO?

 

1) SEO significado: O que é e o que significa SEO (Otimização para Motores de Busca)?

SEO significa Search Engine Optimization (ou Otimização para Mecanismos de Busca) e é basicamente um processo que visa maximizar o número de visitantes a um site ao garantir que o site aparece no topo da lista de resultados de um determinado motor de busca, como, por exemplo, o Google.

 

2) Como funciona o SEO

Como é que isto funciona então? De que forma é que os motores de busca leem o conteúdo do meu site e o comparam e ordenam em relação a todo o resto, prioritizando-o como mais relevante?

O Google tem um conjunto de robôs (Googlebot) que fazem um scan a todo o conteúdo na internet – páginas, sites, blogs, vídeos, etc. Estes robôs leem o conteúdo das páginas (texto, imagens e outras informações), seguem os links que estão presentes nessas páginas e guardam todas estas informações nos servidores do Google.

Estes robôs usam então um algoritmo, baseado em matemática e estatística, para determinar se os nossos conteúdos são mais relevantes ou não em comparação com o que já existem na net.

Assim, se fizermos optimizações para SEO, de forma a que seja mais fácil para o robô interpretar o nosso conteúdo, temos mais chances de ser posicionados nos primeiros resultados do Google.

 



 

3) SEO básico: 5 termos que é preciso entender para optimizar conteúdo

Antes de pormos as mãos na massa, há algumas palavras importantes que é preciso aprender.

 

1. Palavras-chave (keywords)

As keywords são as palavras (ou combinações de palavras) que o teu público-alvo pesquisa e para as quais tu gostarias de começar a aparecer como resultado.

Basicamente tudo o que colocarias naquele rectângulo de pesquisa do Google são keywords. Dois exemplos de palavras-chave são “Marketing Digital” ou “Como conseguir mais seguidores no Instagram”. Podem ser perguntas, frases longas ou curtas ou apenas uma palavra.

 

2. Título SEO (SEO Title)

Todos os artigos têm um título… e um título SEO.

Isto significa que podemos optimizar o título SEO de um artigo para termos mais hipóteses de estarmos no topo dos resultados para uma determinada palavra-chave.

Por exemplo, para a keyword “Guia avançado de SEO”, poderíamos ter como

  • Título SEO: “Guia Avançado de SEO para profissionais”
  • e como Título do Artigo (clicável): “5 técnicas avançadas de SEO pouco conhecidas”

O título SEO tem como função garantir que estamos a optimizar para as pesquisas (e é visto apenas pelos motores de busca), enquanto o título normal (visto por toda a gente) tem como objectivo garantir que as pessoas carregam e leem o conteúdo.

 

3. Slug

O slug é a parte do URL ou link que identifica uma determinada página ou artigo. É aquela última parte do link que explica o conteúdo da página. Neste caso o slug deste artigo é “seo-blog-guia-para-iniciantes” – dando logo a entender que este artigo explica de forma fácil e básica o que é o SEO para iniciantes.

O slug deve ser curto e deve conter a tua palavra-chave.

 

4. Descrição (Meta description)

A descrição é aquele texto que aparece por baixo dos títulos na página de resultados de pesquisa. Normalmente a descrição tem entre 150 a 170 caracteres e esta parte do resultado é muitas vezes decisiva para conseguir mais cliques e visitas – sendo, por isso, tão importante optimizá-la.
Entre dois resultados com títulos idênticos, mas com descrições diferentes, ganha aquela que for mais cativante.

Se a descrição não estiver previamente definida, o Google irá automaticamente pegar numa parte do texto e apresentá-la como descrição.

 

5. Texto alternativo (Alt-text)

Um último termo que é preciso compreender antes de passarmos a aprender todas as técnicas básicas de SEO é o alt-text ou texto alternativo. O texto alternativo é um texto que está vinculado a uma imagem e que a explica em poucas palavras.

Incluir sempre um alt-text em cada imagem do site ou blog é extremamente importante e é um dos passos mais importantes para optimizar para SEO, pois o Google não olha apenas para o texto, mas também para as imagens e esta pode ser uma forma extra de conseguir mais tráfego.

Um bom texto alternativo pode conter algumas das palavras-chave, mas essencialmente deve descrever o que aparece na imagem.

 

4) Como começar a optimizar conteúdo para SEO

Ok. Já percebemos o que é o SEO, como funciona e já temos uma compreensão básica dos principais termos… e agora? Como podemos começar a optimizar conteúdo de forma a aparecer nos primeiros resultados do Google?

 

Dica: de estás a começar do zero a minha primeira sugestão é fazer download do plug-in SEO by Yoast, para o WordPress. A partir do momento em que instalas este plug-in poderás facilmente optimizar cada artigo para uma determinada palavra-chave, editando o título SEO, o slug e a descrição.
SEO by Yoast | O derradeiro guia de SEO para iniciantes: tutorial simples, passo por passo
A minha parte preferida deste plug-in é que esta ferramenta irá automaticamente dizer se o artigo está ou não optimizado, dando sugestões de melhoria. Nesse sentido, é uma ótima ferramenta para quem está no início e precisa de alguma orientação.

 

Há duas formas de começar a optimizar conteúdo para SEO:
1) olhando para trás, para os artigos que já estão publicados e optimizando o conteúdo já existente ou
2) olhando para o futuro, definindo uma estratégia editorial para SEO e escrevendo novos artigos optimizados para aparecer nos primeiros resultados do Google

 

De uma forma ou de outra há uma base que é essencial. E já falamos sobre ela neste artigo.
E essa base são as keywords ou palavras-chave.
Sem uma lista de palavras-chave que queremos cobrir é impossível fazer qualquer tipo de optimização. Por isso mesmo, se quiserem retirar apenas uma informação de todo este artigo essa informação tem de ser esta: como pesquisar keywords ou palavras-chave.

 




 

Como fazer pesquisa de palavras-chave para SEO

A pesquisa de keywords é o passo mais importante de todo este processo. Escolher as palavras-chave certas pode definir o sucesso (ou insucesso) desta estratégia.

Hoje vou partilhar com vocês como eu faço a pesquisa de keywords – um método que leva em consideração as pesquisas do público-alvo, o volume dessas pesquisas, mas também as necessidades e frustrações dos utilizadores de um determinado nicho. Parece complexo? Vamos passo por passo para perceber.

 

Como construir uma lista de tópicos e palavras-chave para cobrir num determinado nicho

Passo 1: Começa por escrever a tua indústria e o teu nicho.

Passo 2: Dentro desse nicho pensa em 3 a 5 categorias. Se é difícil para ti perceber qual é o teu nicho, não há problema. Pensa em 3 a 5 tópicos que falas no teu blog.

Passo 3: Dentro de cada um desses tópicos tenta arranjar o máximo de variações de palavras-chave e ideias. Neste passo é importante pensar na jornada do utilizador e no que poderá interessar ao teu público-alvo: os seus interesses, frustrações, dificuldades e o que podes oferecer para melhorar essa situação. Escreve todas as ideias que tens durante 20 minutos ou até teres uma longa lista de palavras-chave.

 

Exemplo:

Indústria: Saúde e bem-estar

Nicho: Dieta vegana

Categorias: Receitas Veganas, Mães Veganas, Vida saudável

Público-alvo: Mulheres veganas ou que querem mudar para uma dieta mais saudável

Palavras-chave:

refeições veganas rápidas e fáceis

benefícios de uma dieta à base de plantas

receitas veganas para mães ocupadas

como criar filhos veganos de forma saudável

 

Este exercício só por si já é bastante útil. Dá-nos uma ideia mais concreta de quem é o nosso público-alvo e o que ele precisa. Se quiserem e sentirem que esta informação já é suficiente por agora, podem começar a optimizar para estas palavras com a ajuda do plug-in que vos sugeri.

Estas são as bases essenciais para bloggers e criadores de conteúdo.

 

Resumo

Passos básicos para começar a optimizar para SEO:

1. Fazer uma lista de palavras-chave que querem cobrir para SEO;
2. Fazer download do plug-in SEO by Yoast;
3. Começar a optimizar artigos antigos para se familiarizarem com o processo de optimização de conteúdo;
4. Começar a utilizar estas técnicas para todos os novos artigos.

___________________________

 

Contudo se quiserem levar os vossos conhecimentos de SEO a outro nível, continuem a ler: 

Agora que temos uma lista de keywords, vamos ver as pesquisas relacionadas e os volumes de cada uma destas palavras-chave. Isso irá ajudar-nos a prioritizar os temas e ser mais estratégicos.

 

Passo 4: Vamos ao Google e pesquisamos uma das keywords. Anotamos todas as variações. Podemos fazer o mesmo no Pinterest. E repetimos para todas as palavras-chave. Esta é uma excelente forma de expandir a nossa lista de palavras-chave.

Exemplo: Coloco “refeições veganas rápidas e fáceis” no Google e aparecem-me variações como “receitas veganas deliciosas” ou “receitas práticas e rápidas para veganos”

 

Porque é que é importante ver estas variações?

Porque o passo seguinte será ver os volumes de cada uma das palavras-chave e estas keywords diferentes podem ter volumes muito maiores do que as minhas e, nesse caso, optamos por aquelas que são mais promissoras.

 

Passo 5: Agora que já temos a lista completa de keywords (as nossas e as variações), é altura de ver quantas pesquisas há por estes termos todos os meses.

Para isso vamos precisar do Keyword Planner, uma ferramenta gratuita da Google.

 

  • Abrimos o link acima e carregamos em “Get search volumes and forecasts”

SEO: volumes das pesquisas para as palavras-chave no Keyword Planner

 

  • Colocamos todas as nossas keywords

SEO: volumes das pesquisas para as palavras-chave no Keyword Planner

 

  • A landing page aparecerá nos Forecasts. Seleciona Historical Metrics. Nesta página terás acesso ao volume de pesquisas mensal médio para cada palavra-chave. Ordena do maior para o mais pequeno, carregando em “Avg. Monthly Searches”.

Como ver os volumes das keywords para SEO: Keyword Planner

 

Com base nestas informações agora podemos tomar uma decisão informada em relação às keywords que queremos cobrir e eventualmente criar um calendário editorial com base em todas estas ideias e inputs que a Pesquisa de Keywords nos deu.

No exemplo da imagem, podem ver que “receitas veganas” tem um volume de pesquisas muito superior à keyword “refeição vegana”. Neste caso, podemos optar por incluir esta keyword em mais artigos porque sabemos que o número de pessoas que procuram por esta palavra-chave é bem superior às restantes.

 

Importante: optimizar sem esquecer as pessoas

No meio disto tudo é importante não esquecer: no final do dia nós estamos a escrever para pessoas e não para robôs. Nós queremos que os robôs sejam capazes de encontrar o nosso conteúdo e mostrá-lo nos resultados das pesquisas como conteúdo relevante, mas, acima de tudo, está a experiência do utilizador.
O nosso texto tem de ser escrito a pensar nas pessoas que o vão ler, percebendo as suas dificuldades e problemas. O nosso papel é oferecer a solução e não um texto cheio de keywords, umas atrás das outras.

 

O que acharam deste Guia Básico de SEO? Ajudou?
Se tiverem alguma dúvida podem deixar na secção de comentários!

 

Façam pin deste artigo para o guardar:

Continuar a ler:

Sem comentários

Deixar um comentário

Ao continuar a usar este site concorda com a política de utilização de cookies. Ver Política de Privacidade

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close